Um show para os fãs

RSS
Partager

20 mai 2009, 23h48m

Sun 10 May – Oasis, Cachorro Grande



Enquanto a multidão direcionava-se ao estacionamento do ExpoTrade, ansiosa para chegar em casa, a lua cheia alcançava seu zênite. O show havia acabado há poucos minutos, e a música dera lugar a inúmeras discussões: "Animal!"; "Foi lindo!!"; "Achei mais ou menos"; "Oasis já era". Ao escutar tais comentários, surge o inevitável questionamento: teria o Oasis já há tempos ultrapassado seu apogeu?

O show em si poderia ajudar a responder tal pergunta. A entrada dos músicos no palco foi ao som da excelente Fuckin' in the Bushes, ou "a música do 'Snatch'", como muitos dizem. Início promissor, especialmente com Rock 'N' Roll Star e Lyla, duas canções que empolgam bastante ao vivo.

O que se viu, na sequência, foi o inevitável: um mix de músicas do último CD (as quais animaram levemente a platéia) e das clássicas que todos esperavam (essas sim, levantando a galera). Pontos altos? Vários, mas especialmente Morning Glory e o mini combo Wonderwall, Supersonic e Don't Look Back in Anger (com uma pequena pausa pra intercalar). E, obviamente, a fake Live Forever.

Qual seria a resposta, então, para a pergunta do início do texto? No que diz respeito a relevância, o Oasis já ultrapassou seu apogeu, sim. Tamanha foi a influência dos irmãos Gallagher na formação do na década de 90 (mesmo que eles neguem o rótulo) que seria até irracional esperar algo do nível de Definitely Maybe e (What's the Story) Morning Glory?. Ou alguém realmente acredita que Dig Out Your Soul é mais importante que esses dois trabalhos?

Ao mesmo tempo, pode-se argumentar que, artisticamente (putz, odeio esse termo), depende muito de cada um escolher o que é melhor ou pior. É a velha questão do "gosto não se discute". Tenho amigos que prefeririam um show com Little By Little e Stop Crying Your Heart Out, outros que odeiam tais canções. Ou seja, o ápice da criação do Oasis está em cada um de nós (por mais piegas que isso soe).

All in all ou Too long, didn't read: um bom show, até surpreendente pela relativa simpatia dos irmãos Gallagher. Não recomendaria para um ouvinte casual, mas simplesmente fundamental para o verdadeiro fã do Oasis. E é sempre bom ver um cover bem feito de I Am the Walrus.

Commentaires

Ajouter un commentaire. Connectez-vous à Last.fm ou inscrivez-vous (c'est gratuit).