Articles

  • The Best of 2012

    20 déc. 2012, 17h40m

    Favourite Albums

    Laurel Halo - Quarantine

    Tops - Tender Opposites
    Grimes - Visions
    Melody Gardot - The Absence
    Wild Nothing - Nocturne
    Chromatics - Kill For Love
    Jóhann Jóhannsson - Copenhagen Dreams
    Beach House - Bloom
    Burial - Kindred
    Peaking Lights - Lucifer
    Yoko Ono, Kim Gordon & Thurston Moore - Yokokimthurston
    Lower Dens - Nootropics
    King Tuff - King Tuff
    Sigur Rós - Valtari
    Vladislav Delay - Kuopio
  • The Best of 2011

    13 mars 2012, 12h51m

    Best Albuns

    20 - Tycho - Dive
    19 - Simon Scott- Bunny
    18 - The Vaccines- What Did You Expect From The Vaccines
    17 - Idaho - You Were a Dick
    16 - Ólafur Arnalds - Living Room Songs
    15 - Grouper - A I A : Alien Observer
    14 - Tim Hecker- Ravedeath, 1972
    13 - Ben Howard - Every Kingdom
    12 - Atlas Sound- Parallax
    11 - Arctic Monkeys - Suck It and See
    10 - Adriana Calcanhotto - O Micróbio do Samba
    9 - The Sandwitches - Mrs. Jones' Cookies
    8 - Twin Sister - In Heaven
    7 - Johánn Johánnsson - The Miners' Hymns
    6 - The Black Keys - El Camino

    5 - A Winged Victory For The Sullen - A Winged Victory for the Sullen


    4 - Tyler, the Creator - Goblin


    3 - Real Estate - Days


    2 - Alva Noto + Ryuichi Sakamoto - summvs


    1 - Peaking Lights - 936


    Best Songs

    Jhene Aiko - Strange
    James Blake - The Wilhel, Scream
    Petrels - Concrete
    Julianna Barwick - Prizewinning
    Tyler, the Creator - Yonkers
    The Black Keys - Hell of Season
    Twin Sister - Eastern Green
    Real Estate - Out of Tone
    Peaking Lights - Amazing and Wonderful
    A Winged Victory For The Sullen - Steep Hills Of Vicodin Tears

    Best Music Video

    Major Lazer - Original Don


    Hits of the Year

    Azealia Banks - 212


    Foster the People - Pumped Up Kicks


    Lana Del Rey - Video Games


    Ben Howard - Keep Your Head Up
  • The Best of 2010

    28 déc. 2010, 5h22m

    Best Albums


    20. Twin Sister - Color Your Life


    19. Two Door Cinema Club - Tourist History


    18. CocoRosie - Grey Oceans


    17. The National - High Violet


    16. Plan B - The Defamation of Strickland Banks


    15. The Sight Below - It All Falls Apart


    14. Ellen Allien – Dust


    13. Land of Talk – Cloak and Cipher


    12. S - I'm Not As Good At It As You


    11. Yamon Yamon - This Wilderlessness


    10. Hammock - Chasing After Shadows... Living With the Ghosts


    9. Ellie Goulding – Lights


    8. Vanessa da Mata – Bicicletas, Bolos E Outras Alegrias


    7. Beach House – Teen Dream


    6. Deerhunter – Halcyon Digest


    5. Jónsi – Go


    4. The Radio Dept. – Clinging to Scheme


    3. Lower Dens - Twin-Hand Movement


    2. Max Richter – Infra


    1. Ólafur Arnalds - ...And They Have Escaped The Weight of Darkness

    Best Songs

    1 - Beach House - Norway
    2 - Ólafur Arnalds - Loftið verður skyndilega kalt
    3 - Deerhunter - Earthquake
    4 - Jónsi - Sinking Friendships
    5 - Land of Talk Quarry Hymns
    Others
    The Radio Dept. - David
    CocoRosie - R.I.P. Burn Face
    Massive Attack - Paradise Circus
    Lower Dens - Two Cocks Waving Wildly At Each Other Across A Vast Open Space, A Dark Icy Tundra
    Max Richter - Infra 5
    The National - Lemonworld
    S - r.i.p. calgon
    Ellen Allien - Sun the Rain
    Vanessa da Mata - Bicicletas, Bolos E Outras Alegrias
    The Album Leaf - Blank Pages


    Best Music Video

    Hammock - Breathturn


    Hits of the Year

    Dum Dum Girls – Jail La La


    Eliza Doolittle - Pack Up


    Janelle Monáe - Tightrope ft. Big Boi


    Twin Shadow - Slow


    Ellie Goulding - Starry Eyed


    Plan B - She Said


    Two Door Cinema Club - Undercover Man


    Lena - Not Following


    Side B

    Best Movie Soundtrack


    A Single Man
    From contemporary classical to the sweetest oldies.


    "Blue moon, you saw me standing alone, without a dream in my heart, without a love of my own..."
  • The Best of 2009

    17 déc. 2009, 5h20m

    The Best Album of 2009
    Esse ano foi de muitos albuns bons, não posso negar. Mas os meus favoritos do ano estão longe das pratileiras populares e das rádio, num clima melancólico, clássico, minimalistico e ambient. Uma prova que meu gosto e comportamento musical está mudando e se sofisticando. Foi difícil fazer essa lista, mas o primeiro tá longe de ter sido difícil de escolher, um álbum muito delicado e maravilhoso, o melhor do Jóhann Jóhannsson e um dos melhores da música clássica comtemporânea, recomendo a todos. Bom, se não conhece alguém abaixo, eu recomendo MUITO, fica ai meus favoritos de 2009.


    1 - Jóhann Jóhannsson - And In The Endless Pause There Came The Sound Of Bees


    2 - Mariana Aydar - Peixes, Pássaros, Pessoas


    3 - Jónsi & Alex - Riceboy Sleeps


    4 - Yagya - Rigning


    5 - Sonic Youth - The Eternal


    6 - Jamie T - Kings And Queen


    7 - The American Dollar - Ambient One


    8 - Arctic Monkeys - Humbug


    9 - La Roux - La Roux


    10 - Anya Marina - Slow & Steady Seduction: Phase II



    The Best Songs of 2009
    Colocaria tanta faixa aqui, procurei não repetir artistas, mas certamente teria várias do Jóhann Jóhannsson, Mariana Aydar, Jónsi & Alex, peguei só as preferidas e com qualidade pra essa lista.

    1 - Jóhann JóhannssonThe Flat
    2 - Thom YorkeAll For The Best
    3 - Mariana AydarPalavras Não Falam
    4 - Jónsi & AlexHowl
    5 - Ólafur ArnaldsRaein
    6 - Bebel GilbertoNossa Senhora
    7 - Arctic MonkeysPotion Approaching
    8 - Maria BethâniaSaudade Dela
    9 - Florence + the MachineDog Days Are Over
    10 - Bombay Bicycle Club - Always Like This


    Hit of the Year
    Que aninho de hits esse heim. Ao contrário da seleção anterior que são minhas faixas preferidas do ano, essa são para aquele hits de rádio que não param de tocar e te torram na cabeça, mas nem por isso chega ser suas preferidas, MAS FICA NA CABEÇA. Então, selecionei as músicas que mais ficaram na cabeça esse ano, aposto que alguma delas já grudaram na sua também.

    La Roux - Bulletproof


    The Black Eyed Peas - Boom Boom Pow


    Jamie T - Sticks 'n' Stones


    Dizzee Rascal - Bonkers


    Tiga - Shoes


    Noisettes - Never Forget You


    Kid British - Our House Is Dadless


    Matt & Kim - Daylight


    Calvin Harris - Ready For The Weekend


    Kasabian - Fire


    The Veronicas - Untouched


    The Best Concert of 2009
    Eita aninho chato de concertos, isso no Brasil né. Mas fui no Rock For People Festival na Rep Tcheca em julho, foi o festival que salvou meu ano, porque dependendo dos eventos no Brasil... Bora lá, meus concertos favoritos do ano em que tive oportunidade de assistir.

    1 - Emiliana Torrini @Glee Club, Birmingham/UK VIDEO
    2 - Arctic Monkeys @RockForPeople Festival/Czech Republic
    3 - The Kooks @RockForPeople Festival /Czech Republic VIDEO
    4 - Silvia Machete @Itaú Cultal/São Paulo VIDEO
    5 - Mariana Aydar @CCSP/São Paulo VIDEO


    The Best Video of 2009
    Sempre fico louco pra decidir, então desta vez vou colocar 5 ao invés de um ok. Segue abaixo meus preferidos de 2009.

    Hammock - Mono No Aware


    Animal Collective - My Girls


    Moderat - Rusty Nails


    Mariana Aydar - Palavras Não Falam


    The American Dollar - Anything You Synthesize


    The Best Movie Soundtrack
    Nem iria citar esse, mas uma coisa de bom o Lua Nova trouxe, a nova música do mais novo vendido Thom Yorke, haha.
    Trilha sonoras de filme traria um bom e grande post, deixa esse pra próxima, mas já recomento alguns, do filme Mysterious Skin com Robin Guthrie & Harold Budd, trilha shoegaze e ambient pra certos momentos da vida, recomendo muito. E do filme The Fountain, por Clint Mansell, uma trilha clássica contemporânea, com faixas passando pelo post-rock e ambient, recomendo muito também.
    Mas a trilha do ano nem de longe vai pra Lua Nova né, mas sim pra música nova do Thom Yorke ok.

    Thom Yorke - Hearing Damage
  • The Best of 2008

    13 déc. 2008, 22h52m

    The Best Album of 2008

    Que esse ano tivemos lançamentos fracos, ninguém pode negar né!?
    O artista que mais me satisfez esse ano com novo álbum, foi Sigur Rós. Embora as faixas acústica não me agradaram muito, o restante do álbum tem um ar todo misterioso e escuro, assim como no ( ), esse, o melhor álbum deles.
    As bandas novas foram as que mais surpreenderam e lançaram os melhores álbuns de 2008.

    1 - Saint Dymphna / Gang Gang Dance
    2 - Third / Portishead
    3 - Með suð í eyrum við spilum endalaust / Sigur Rós
    4 - We Started Nothing / The Ting Tings
    5 - You Have No Idea What You're Getting Yourself Into / Does It Offend You, Yeah?
    6 - Narrow Stairs / Death Cab For Cutie
    7 - Midnight Boom / The Kills
    8 - A Mouthful / The Dø
    9 - Hercules & Love Affair / Hercules & Love Affair
    10 - Funplex / The B-52's


    The Best Song of 2008

    Esse ano teve vários hits, e bons hits. Mas o negócio aqui são os meus hits preferidos:

    1 - House Jam - Gang Gang Dance
    2 - Festival - Sigur Rós
    3 - The Rip - Portishead
    4 - That's Not My Name - The Ting Tings
    5 - Ready for the Floor - Hot Chip
    6 - U.R.A. Fever - The Kills
    7 - We Are Rockstars - Does It Offend You, Yeah?
    8 - ZDRLT (Rewind) - Digitalism
    9 - Paris Is Burning - Ladyhawke
    10 - Foto von dir - Radiopilot


    The Best Concert of 2008

    Esse ano foi um dos anos mais agitados na agenda de show nacional. Vários e ótimos festivais animaram o ano. Aqui vai a minha listinha com os meus 10 concertos favoritos.

    1 - Chris Garneau @ Sesc Santana
    2 - Madonna @ Estádio do Morumbi
    3 - Vanessa da Mata @ Citibank Hall
    4 - Fujiya & Miyagi @ Motomix
    5 - Digitalism @ Skol Beats
    6 - Dragonette @ Clube Glória
    7 - Justice @ Skol Beats
    8 - The Hives @ Orloff Five Festival
    9 - The Go! Team @ Motomix
    10 - Hercules & Love Affair (DJ Set) @ Vegas Clube

    The Best Video of 2008

    Tem tantos videoclipes legais esse ano, mas eu selecionei os meus 2 vídeos favoritos.

    The Ting Tings - Great DJ


    Hot Chip - Ready For The Floor
  • The Best of 2007

    8 jan. 2008, 4h58m

    Os melhores de 2007 eu classifiquei em várias categorias, são:

    The Best Album of 2007
    O ano de 2007 foi cheio de lançamentos ótimos, e com bastante novidades do mundo da música também.
    Mas o álbum que mais me chamou atenção, e que fez eu virar fã de carteirinha do artista, do o Idealism do Digitalism, concerteza o melhor álbum de todos de 2007. Outro álbum excelente foi o
    Mas 2007 teve vários álbuns muito bom, mas eu só irei listar as meus 10 preferidos:

    1 - Idealism, Digitalism
    2 - Attack Decay Sustain Release, Simian Mobile Disco
    3 - Walls, Apparat
    4 - Volta, Björk
    5 - Oi Oi Oi, Boyz Noize
    6 - Momento, Bebel Gilberto
    7 - Favourite Worst Nightmare, Arctic Monkeys
    8 - The Shade of Poison Trees, Dashboard Confessional
    9 - †, Justice
    10 - Kala, M.I.A.


    The Best Song of 2007
    Que o ano passado teve vários hits ninguém pode negar, mas meus hits preferidos não são aqueles que tocam na rádio a todo momento, não é nada do tipo You're Beautiful do James Blunt. Minha música preferida de 2007, nada mais é do que do meu artista preferido.
    Mas o segundo e terceiro lugar para as músicas do ano é meio complexo, álias, elas tem uma complexidade muito grande, e é isso que me atrai nelas e fazem elas serem as melhores de 2007, segue abaixo as 10 melhores faixas de 2007:

    1 - Idealistic, Digitalism
    2 - Not a Number, Apparat
    3 - Wanderlust, Björk
    4 - Hustler, Simian Mobile Disco
    5 - Too Young, The Secret Handshake
    6 - The Shade of Poison Trees, Dashboard Confessional
    7 - Boys, M.I.A.
    8 - Acceptable in the 80's, Calvin Harris
    9 - Atlantis To Interzone, Klaxons
    10 - Pogo, Digitalism


    The Best Concert of 2007
    Ano passado foi um ano com bastante show internacionais, agora fico na duvida se passou o tanto de shows de 2006, que foram ótimos, incluindo Iggy Pop, Good Charlotte e Daft Punk.
    Mas o que interessa é 2007. Esse ano eu tive que arrumar meu primeiro emprego justamente pra conseguir ir em todos os show e festivais com artistas internacionais do segundo semestre de 2007(o primeiro teve poucos shows, os pais bancaram). Mesmo arrumando um emprego, passei o natal sem dinheiro devido a tantos excelentes shows que tivemos.
    Mas vamos deixar minha situação financeira pra lá, e ir para o que interessa. De todos os festivais de 2007, o melhor de todos acabou sendo mesmo o Tim Festival, mesmo tendo suas grandes falhas e atrasos. Só não foi o tão elogiado Planeta Terra porque acabei perdendo esse. Dos grandes shows nacionais, sem dúvida alguma, Matanza e Montage fazem os melhores e mais agitados show que eu já vi!
    Pros internacionais, esse ano eu fui em show de todo tipo, do heavy metal do Motörhead ao som sem rótulo e esquesito da Björk.
    E 2008 mal começou e já tenho uma penca de shows pra ir, necessito arrumar um novo emprego.
    Mas aqui vai os melhores show de 2007 em minha humilde opinião:

    1 - Apparat @ Motomix The Rokr Festival, Live in Ibirapuera
    2 - Björk @ Tim Festival 2007, São Paulo
    3 - Arctic Monkeys @ Tim Festival 2007, São Paulo
    4 - The Used @ ABC Pró-HC, São Bernardo do Campo
    5 - Boys Noize @ Motomix The Rokr Festival, Vegas Club
    6 - The Rakes @ Indie Rock Festival I, São Paulo
    7 - Matanza @ Kazebre Rock Bar, São Paulo
    8 - Hot Chip @ Tim Festival 2007, São Paulo
    9 - Placebo @ Credicard Hall, São Paulo
    10 - Bebel Gilberto @ Via Funchal, São Paulo


    Embora 2007 teve shows muito bom e festivais legais, nada supera o Claro Q É Rock de 2005, com Iggy Pop, The Flaming Lips, Good Charlotte, Nine Inch Nails e os deuses do Sonic Youth.

    The Best Artist of 2007
    Bom os melhores artistas de 2007 são aqueles que se revelaram e mais chamaram atenção durante o ano.
    Ninguém mais agitou a cena da música mundial do que Amy Winehouse, mas a minha descoberta de 2007 e que mais me chamou a atenção durante o ano passado, foi Digitalism, os duo alemão faz o melhor Disco Punk que qualquer pessoa já tenha escutado, e não diga que não, porque é!
    Outro artista que se revelou em 2007 foi o Apparat, Sascha Ring deixou um pouco o laptop de lado e em seu álbuns Walls fez um experimentalismo com o clássico IDM que já fazia, com uma mistura meio post-rock, concerteza um experimento que deu certo!
    Na cena eletrônica, que foi agitada pela tal onda "new rave", Justice com seus excelentes remix agitou e colocou pra quebrar as pistas mundias com D.A.N.C.E.; já o Simian Mobile Disco criou o hino Hustler. Não poderia faltar os próprios criadores da new rave, Klaxons mostrou ao mundo que o Disco Punk está vivo mais do que nunca. Já o Girl Talk que também anda por essa cena, mostrou que sabe colocar uma pista pra dançar até o fim com seus mash-up, concerteza uma grande revelação de 2007. Outro que agitou o país da rainha foi Calvin Harris, sua electronica agitadinha mostrou que ele veio pra ficar.
    Já Björk voltou do seu sono com o álbum Volta e mostrou que está com toda forma ainda e agitou a cena mundial, com o álbum muito bem elogiado pela crítica.
    Não poderia faltar um brazuca na lista, se o CSS agitou a gringa no fim de 2006, e agitou muito mais em 2007, o Bonde do Rôle mostrou ao mundo em 2007 o funk nacional, já que os dois se revelaram esse ano, os dois ficam na mesma posição.
    Mas vamos lá, aos 10 mais de 2007!

    1 - Digitalism
    2 - Apparat
    3 - Amy Winehouse
    4 - Klaxons
    5 - Bonde do Role / Cansei de Ser Sexy
    6 - Simian Mobile Disco
    7 - Justice
    8 - Björk
    9 - Calvin Harris
    10 - Girl Talk




    E a assim fica a minha lista com os melhores do ano, ddivida sua opinião sobre as suas melhores do ano de 2007 também!
    ;D
  • 1 aninho de last!

    5 déc. 2007, 23h48m

    Aeeee
    Meu primeiro aniversário de last.fm, e tantas coisas mudaram desde aquele dia.
    Estou dizendo isso relacionado ao meu gosto musical, mas na vida pessoal também né. hahaha
    Enfim, diria que no começo do meu last eu era uma mistura indie e emo, hoje está bem mais eletrônico(prefiro hoje).
    Tudo mudou, descobri minha banda preferida(podemos chamar de banda?), enfim Digitalism<3
    Embora The Secret Handshake está no topo, está longe de ser minha banda preferida(só tá no topo pq as músicas eram viciantes eu escutava sem parar).
    Saudades de um ano atrás, mas tudo bem, terá vários pela frente...



    PS.: Alguém me dá um conta premium de aniversário de last?
  • SHOW DO ANO!

    26 nov. 2007, 15h17m

    Domingo 25 Nov – Motomix - Apparat

    Arctic Monkeys?!
    Björk?!
    Hot Chip?!
    Placebo?!
    The Rakes?!
    Montage?!
    NADA DISTO!

    Melhor show do ano é do Apparat!
    Sim ele é FODA!
    EU que já amava eles antes do show, depois de ontem nem sei o que eu sinto,
    Embora o som estava meio ruim, a performace deles foi sensacional.
    Não foi aquilo que eu esperava, um show no laptop, foi melhor, foi ao vivo, com guitarra, sintetizadores e uma bateria de verdade!
    Fractales foi o auge do show.
    Sascha Ring e Raz Ohara mostraram que faz som muito bem.
    Me deixaram de um gostinho de quero mais, mas tomara que eles voltem um dia, mas eu VOU em outro show deles, nem que eu vá a Europa ver um.

    Apparat
  • Tim Festival 2007 - Conclusões.

    1 nov. 2007, 14h35m

    Tim Festival 2007
    Entre os grandes festivais de música que eu já presenciei, o Tim deste ano bateu o meu antigo preferido, o Curitiba Rock Festival, quando teve Weezer, em setembro de 2005, que inclusive, tinha sido a primeira vez que eu fui em um festival.
    O show do Weezer foi o mais animado que eu já tinha presenciado, mas depois do show do Arctic Monkeys domingo, mudei de idéia, e o show do Weezer está longe de ser empolgante como foi o do Arctic no Tim Festival deste ano.
    Mas antes de citar o show do Arctic, vamos por ordem.
    O primeiro show começou com uns 30 minutos de atraso, o do Spank Rock. Não tocaram Bump, e Backyard Betty foi sem graça, sendo assim, o show foi sem graça, embora eu goste muito do Spank Rock. Dava até pra dançar, eles se jogaram no meio do povo e depois disto o show acabou do nada, uma decepção, pra quem eu estava esperando algo animado, uma festa new rave, foi um fracasso.
    Depois de muito atraso também, entra o Hot Chip, suposta banda que eu mais esperava na noite. Outra decepção. NÃO TOCARAM THE WARNING! Como assim, fazem o primeiro show em terras brasileiras e NÃO TOCAM The Warning?! Uma grande decepção pra mim, já que The Warning, além de ser minha música preferida deles, também é famosa. Além da pane no sistema de som, que interrompeu o meio do show por cerca de 20 minutos, e eu morto de angustia de eles não voltarem e não tocarem ao menos Over and Over(se não tocarem também já seria demais), voltaram e finalizaram com Over and Over. Tocaram uma versão muito morta de Boy From School, mas No Fit State foi bem animado, aliás, animadão! Em Over and Over acabei me emocionando um pouco, gritava que nem um louco e pulava que nem macaco. Mas fiquei muito magoado, passou perto das minhas expectativas, mesmo o público super energéticos, no qual até eles mesmo disseram que SP foi melhor que no Rio, mas faltou The Warning.
    Depois de tantos atraso e decepções, só me restava esperança em Björk e Arctic.
    E é a vez de Björk, outra que demorou pra começar, levavam mais de 30 minutos pra troca de artistas.
    E Björk e sua banda entra e o público vibra, ao som de Earth Intruders ela entra debaixo de uma roupa toda esquisitona, bem num estilo Björk, a emoção de vê-la me dominou, e enquanto cantava, chorava. A Björk fez um show incrível, com as melhores músicas dela; fez o show mórbido, virar uma festa new rave, com direito a lasers e a um remix num estilo Boys Noize. Björk some no palco, e volta um tempinho depois pra tocar Declare Independence; minha música preferida da esquisitona; sem sombra de dúvidas que eu gritei, chorei, pulei, dei aloka! E Björk se despede e o público agradece, depois de tantas coisas desagradáveis um show bom até o momento. Saudades já da dancinha esquisita dela.
    Depois de Björk, um intervalo que durou quase duas horas(seria uma hora). Cerveja quente e cara, comprei um sorvete de 4 reais que é uma porcaria, de aguá e ruim.
    Depois dos preços abusivos e das quase 2 horas de atraso entra Juliette and the Licks no palco. Foi um show bom, o público parecia não estar muito animado(eu por exemplo já estava cansado, depois de tanto tempo de atraso). Juliette Lewis entrou em transe no palco, se retorceu toda, uma louca, num estilo bem rockeiro de ser, achei muito bom a apresentação, mas os vídeos ao vivo da Julliete no YouTube são melhores ok?! ;)
    E FINALMENTE! A minha única esperança pro Tim ser bom, era o Arctic, e entram no palco, ahááá! Pulei, gritei e cantei o show INTEIRO. Pra mim foi o show mais animado, sabia as letras e cantei(berrava na verdade) o show inteiro, até o final, alguns reclamou que foi curto, mas mim não me resta dúvida que foi o melhor show de 2007(que até então era o Placebo pra mim).
    Terminou Arctic e fui descançar, fiquei sentado no fundo do Anhembi, só vi(de longe) umas 3 ou 4 músicas do The Killers, já era muito tarde e eu já estava cansado e fui embora. Embora eu não goste muito de Killers, me parecia que o show estava bastante animado.
    Um festival todo mal organizado, cheio de atraso, preços absurdos e blá blá blá. Fiquei na grade em todos os shows, o Tim poderia ter sido perfeito, embora o festival não foi, o show da Björk e Arctic Monkeys FORAM PERFEITOS!
    O show da Björk foi perfeito no palco(o público ficava vendo ela paralisados de emoção), já o Arctic Monkeys foi melhor o público, que pulavam e cantavam TODAS as músicas.
    Foi bom, mas poderia ter sido melhor.

    Tim Festival 2007

    *agora vem o Planeta Terra, Motomix e The Used por aí...
  • 1 ano de Fall Out Boy e Yellowcard

    23 oct. 2007, 22h18m

    Ontem, dia 22 de outubro fez exato 1 ano do Mix Festival.
    O evento que trouxe umas das minhas bandas preferidas, o Fall Out Boy.
    Além do FOB, teve outra atração internacional, o Yellowcard, e as atrações nacionais(Hateen, CPM 22, NX Zero, Charlie Brown Junior).
    Foi um dia incrível, tinha chegado às 5:30 da manhã debaixo do frio da manhã pra conseguir um lugar na grade. E consegui, na grade do canteiro central(havia um espaço no meio do estádio pra câmera do evento), um pouco atrás da grade de frente.
    Os primeiros shows foram UMA MERDA! Charlie brown, nautirus(nem sei se é assim que escreve). enfim, o povão que dominava, AMARAM!
    Eu queria durmi isso sim...
    E o dia foi se passando e já era por volta das 3 da tarde quando o Yellowcard subiu no palco. Foi o MELHOR show do dia, mesmo eu gostando mais do FOB, e olha que eu nem curtia muito YC, mas os cara é muito foda ao vivo, até os "manos" que estavam lá pra ver charlie brown se animaram com o show, eu pulei muito no show deles, embora eu tentava manter minhas energias pro show do FOB.
    Acabou show do YC e entra o FOB logo em seguida, confesso que umas lágrimas rolaram ao vê-los. O show começa e o povo fdp começou a jogar garrafa de água no palco. ¬¬
    O Peter no intervalo de cada música falava pro pessoal ir mais pra trás porque o povo da frente estavam sendo esmagados, as pessoas não entendia nada que o coitado falava, e ao invés de o povo ir pra trás, abriram uma roda de bate cabeça! Oo
    E olha que eu gritava: "MAIS PRA TRÁS!"
    No meio do show o peter subiu em um daqueles pilares onde filmavam e se jogou no meio do pessoal, abandonando o palco no meio da música. Simplesmente ele DESAPARECE no meio da multidão e ele demora pra voltar e o show foi interrompido, ae do nada surgi o Peter no meio da multidão sorrindo, acenando para os fãs! HAHAHA
    Voltaram e fizeram um show até legal, embora eu achei o do YC mais animadinho.
    Na última música, Saturday, uma surpresa pra mim!
    Peter desce do palco no meio da última música e entra no corredor central, simplesmente aonde eu estava, e do nada pará na minha frente e SE JOGA do meu LADO! Do nada veio aquela multidão em cima de nós, e o Peter do meu lado, e eu rasgando a camisa do coitado e passando a mão nele. (6)
    O coitado saiu com a camisa toda rasgada, sem o tênis que calçava, e a calça tbm estava rasgada, dava pra ver até a cueca do coitado.
    O FOB acaba o show sem se despedir do público, um CU!
    Mas foi bom, pelo menos o Peter se jogou do MEU lado! hehehe
    Um dos melhores dias da minha vida, dia que conheci grandes amigos, amigões!
    Saudades daquele 22 de outubro de 2006....