Articles

RSS
  • sun

    17 mars 2009, 0h16m



    Eu sou uma desordem, eu acho.É o que eu pedi, é o que eu precisava. Bom, você me conhece melhor do que isso, ou pelo menos você me conhecia e algo aconteceu. Porém, mais uma vez algo aconteceu. A confiança que você colocou em nós, é a corda que quase nós nos penduramos. As vezes eu fico curiosa se nós realmente demos os passos certos para quebrar isso, eu sei que lá ficaram os melhores dias, mas para ver a luz e para sentir os raios. Vida era sempre vai e volta, e nós estávamos perdendo tempo ou fazendo progressos inúteis.

    Esperando a chuva parar. "Destination: beautiful" Parece que eu ainda estou esperando o sol. Algum dia ele voltará para nós, se voce concorda deixe ir..por quê você nao apenas deixe que isso seja o seu Sol? parece ontem, nós tinhamos o mundo do nosso jeito, mas alguns disseram que estavamos indo para a destruição.

    Eu vou te perguntar: ''O que no mundo nós devemos fazer?'' essa luz é verde, nosso término está no meio. nós não estamos tentando ou nós estamos tentando demais? bom, você sabe que eu nunca quis errar. Eu segurei forte e lembrei, mas isso é um pouco bom para mim. Quando o tempo pára, como está confuso, dentro da caixa de letras que voce me devolveu. Mas eu sou aquela que continua lendo, mas eu sou aquela que quer deixar isso acontecer. Eu sou a primeira a falar, voce é a ultima a saber. Outra cena que estamos criando, e eu preciso saber se ainda estamos fazendo progressos inuteis.

    Amor, é a onda que eu curto, essa nunca vai alcançar a costa. Protegido pela corrente, de querer nada mais, essa noite, ede pegar dessa vez e fazer tudo meu. Está vindo por aí de novo.

    Todo ''agora'' e de novo as vezes. Eu fico perdida no vento de um sonho, o ar fica limpo e o mar fica liso, e eu posso fazer qualquer coisa. A dor nem vai passar pela minha mente, mas há uma duvida em tudo, a corda afrouxa e a corrente acelera e eu posso fazer qualquer coisa.

    Esperança, é a luz que derruba aquelas chamas dentro de mim. É uma luz invisivel, mas de alguma forma eu consigo ver, de novo, quando eu perdi meu caminho, isso se torna bem claro, e isso está vindo por aí de novo.

    Algum lugar entre a escuridão e a luz, meu espirito comeca a voar, as cores preenchem o céu, e eu estou livre.

    Está vindo por aí de novo..